São Borja
Quinta-feira 19 de Abril de 2018


Cassafuz questiona a importância da reabertura do Centro Materno, PIM e CRAS

Durante pronunciamento na última sessão ordinária da Câmara de Vereadores, realizada na quinta-feira 15/02, o Vereador Valério Cassafuz (PDT) usou a tribuna para cobrar do Poder Executivo que sejam tomadas providencias urgentes com relação a reabertura do Centro Materno, PIM e CRAS.

O fechamento do Centro Materno impossibilitou que dezenas de gestantes que eram atendidas diariamente fossem impedidas de manter o seu tratamento e acompanhamento pré-natal. Impossibilitando que seja encaminhado relatório semestral conforme exigências do Ministério da Saúde. O parlamentar acredita que o retorno do Centro Materno irá sanar a falta estrutura física, oferecendo um atendimento de qualidade a qual merecem as gestantes do município.

O Vereador também cobrou a reabertura dos CRAS das vilas Arneldo Matter, Leonel Brizola e Boa Vista que foram fechados pela administração atual, onde eram desenvolvidos diversos projetos que beneficiavam em torno de 500 pessoas mensalmente, conforme relatórios emitidos pela Secretaria de Assistência Social na gestão passada ao Ministério de Assistência Social a cada 3 meses. Outro programa considerado de extrema importância foi o PIM (Primeira Infância Melhor) que beneficiava centenas de crianças nos bairros e vilas em nossa cidade, executando projetos e oficinas a todas as crianças, impedindo que menores permaneçam nas ruas, evitando a drogatização e prostituição.

Cassafuz sugere que seja realizado um trabalho compartilhado entre as Secretarias da Saúde, Secretaria de Desenvolvimento Social e Secretaria de Educação, para que projetos voltem a ser executados pela administração, o retorno dos mesmos irá beneficiar centenas de pessoas em nosso município, incluindo adultos, idosos e crianças de diversas classes sociais. Fazendo com que os programas assistências e melhorias na área da saúde, sejam fundamentais para o desenvolvimento e uma melhor qualidade de vida a todos os nossos munícipes.

 

Texto: Alessandro Molinos/Assessor Parlamentar/CMVSB

Foto: Ana Possobon/AI/CMVSB