São Borja
Domingo 18 de Fevereiro de 2018


Ex-presidente Lula visitará São Borja no dia 28 de fevereiro

Reforço na segurança será realizado na cidade. Caravana Sul de Lula passará pelo município.

O ex-presidente Lula realiza, entre os dias 27 de fevereiro e 7 de março, a Caravana Sul, conforme já havia sido anunciado no mês passado. O roteiro começa na Fronteira Oeste do Rio Grande do Sul, no município de Santana do Livramento, onde Lula participará de um diálogo público com o ex-presidente do Uruguai, Pepe Mujica, um ícone da esquerda latino-americana. Estão incluídas na caravana gaúcha passagens pelos municípios de Santa Maria, São Borja, Palmeira das Missões, Ronda Alta, Cruz Alta, Passo Fundo e Porto Alegre. De acordo com o presidente do PT do Rio Grande do Sul, deputado federal Pepe Vargas, as agendas do ex-presidente Lula no estado vão dialogar com setores que participaram da construção de importantes políticas públicas no Brasil, durante os seus governos. Em São Borja, o ex-presidente visitará, a partir das 17h do dia 28 de fevereiro, o Museu de Jango e Getúlio Vargas e ainda realizará uma atividade pública em frente ao túmulo de Getúlio, na praça XV de Novembro.

 

Prefeitura

O prefeito Eduardo Bonotto confirmou que com a confirmação da visita do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva ao município será solicitado um reforço na segurança, principalmente nos locais onde acontecerão as atividades oficiais. Bonotto destaca que todos tem direito à liberdade de expressão, mas que o momento político exige esses cuidados, para que aconteçam apenas manifestações pacíficas e ordeiras. Apesar de não estar na agenda oficial, existe também uma mobilização para que o ex-presidente conheça o campus local da Universidade Federal do Pampa que foi criado durante seu governo.

 

Brigada Militar

O comandante do segundo batalhão de policiamento de área de fronteira em São Borja, Major Menezes da Silveira, confirmou que já realizou a solicitação de ampliação do policiamento ao comando geral da Brigada Militar. Silveira pediu que policiais do batalhão de choque sejam enviados para o município. O comandante diz que a Brigada Militar irá realizar o acompanhamento de Lula em todo o trajeto que estará desenvolvendo na cidade, desde sua chegada até as ações oficiais. Assim que encaminhar a confirmação da programação que será desenvolvida, Silveira receberá informação de quantos policiais serão deslocados ao município.

 

Fonte: Michel/Rádio Cultura

 

Foto: Ricardo Stucker / Instituto Lula