São Borja
Terça-feira 16 de Janeiro de 2018


Câmara realiza Sessão Solene em homenagem aos 130 anos da Moção Plebiscitária de Apparício Mariense

Neste sábado, dia 13, a Câmara Municipal de Vereadores comemora os 130 anos da Moção Plebiscitária pela República, em uma Sessão Solene marcada para às 10h30min.

Na ocasião, também será entregue a Comenda Apparício Mariense da Silva a Gilberto Cirilo de Campos, “Beto Campos”,  de autoria do vereador Valério Cassafuz (PDT). A Sessão acontece no Plenário do Legislativo Municipal.

 

Moção plebiscitária

Apparício Mariense da Silva nasceu em São Borja em 1856 e também foi autor da Moção Plebiscitária de 1888. Este documento constituiu o primeiro plebiscito da história do Brasil e nasceu de uma proposta apresentada em reunião da Loja Maçônica Vigilância e Fé, em 21 de fevereiro de 1887. Na condição de Vereador, apresentou para Câmara de São Borja, em 31 de outubro de 1887, a Moção Plebiscitária contra o 3º Reinado - aprovada pelos parlamentares em 13 de janeiro de 1888. O documento propunha uma consulta à Nação, por meio de plebiscito, sobre a conveniência de assumir o trono a sucessora, princesa Isabel, em caso de falecimento do imperador Dom Pedro II.

Depois de muitas lutas, desavenças e afastamento de lideranças que apoiaram a Moção, Mariense saiu fortalecido e a República amadureceu como solução política, sendo proclamada em 15 de novembro de 1889.

 

 Texto e imagem: Ana Possobon/AI/CMVSB