São Borja
Segunda-feira 11 de Dezembro de 2017


Inter joga pouco e perde para o Paraná em Curitiba

Colorado sofreu sua segunda derrota no returno da Série B

O Inter não jogou bem, teve muitas dificuldades de criação, falhou na defesa e a conta veio: acabou derrotado pelo Paraná por 1 a 0 na noite desta terça-feira em partida válida pela 28ª rodada da Série B. Maidana, aos 41 do primeiro tempo, fez o gol que garantiu a vitória do time paranaense diante de 39.414 mil torcedores, público que bateu o recorde da Arena da Baixada.

Com a derrota, o Inter para nos 54 pontos e pode ver a distância para o América-MG diminuir no complemento da rodada – o time mineiro enfrenta o Santa Cruz, no sábado, em Pernambuco. O Paraná sobe para 49 e, pelo menos de forma momentânea, assume a vice-liderança. O Colorado volta a campo na próxima segunda-feira, quando recebe o Brasil de Pelotas, no Beira-Rio.

Maidana aproveita falha do Inter e marcar

Com o objetivo de bater o recorde da Arena da Baixada, o Paraná mobilizou seu torcedor para lotar o estádio do rival Atlético-PR e criou um clima de decisão para enfrentar o Inter. Desde os primeiros minutos, os jogadores do clube da casa mostraram muita vontade e intensidade diante do líder da Série B.

O Inter, que já tinha desfalques da zaga titular e de William Pottker, ganhou mais um problema cedo. Aos 16 minutos, Rodrigo Dourado sentiu uma fisgada na virilha e foi substituído. Em seu lugar entrou Charles, que acabou sendo protagonista no lance que decidiu o jogo.

Antes disso, porém, os quase 40 mil paranistas que foram à Arena da Baixada se empolgaram com a boa produção ofensiva do time, principalmente pelo lado esquerdo, em cima de Cláudio Winck. Por ali, Robson chutou com força aos 18 minutos para defesa de Danilo Fernandes em dois tempos. Aos 19, a jogada do Paraná veio do outro lado até que a bola chegou a Alemão. O centroavante do time de casa girou e bateu procurando o ângulo, mas mandou por cima.

Com D'Alessandro pouco participativo, o Inter tinha dificuldade para criar pelo meio de campo. A primeira finalização perigosa veio apenas apenas aos 29 minutos. De fora da área, Sasha tentou resolver sozinho e quase conseguiu. Ele recebeu de Uendel, dominou, girou e soltou a bomba para mandar a bola no ângulo. O gol só não saiu graças a grande defesa de Richard.

O Inter voltou a ter uma boa chance aos 35. Após escanteio ensaiado, Nico López cruzou para Leandro Damião, que escorou e encontrou Charles dentro da pequena área. O volante, entretanto, não conseguiu dar direção para a bola e mandou para cima. Quando o time gaúcho já havia controlado o jogo, o Paraná chegou ao seu gol. Após desvio de Sasha em cruzamento de Cristovam, a bola foi para escanteio aos 41 minutos. Coube a Renatinho, o camisa 10 do Paraná, fazer a cobrança. Ele bateu com efeito e encontrou Maidana, que ganhou de Charles na corrida e cabeceou sem chances para Danilo Fernandes – que ameaçou sair, mas ficou no meio do caminho – para definir o placar do primeiro tempo: 1 a 0.

Inter pressiona e chega à trave

As duas equipes voltaram sem alterações para o segundo tempo. Mesmo sem trocas de jogadores, a partida mudou. Atrás no marcador, o Inter assumiu o controle do jogo e foi em busca do empate. O Paraná optou por esperar a tentar sair em algum contra-ataque. D'Alessandro, que havia participado pouco no primeiro tempo, apareceu com sua qualidade aos 7 do segundo tempo. Ele deu um belo lançamento para Leandro Damião, que conseguiu desviar de carrinho para acertar a trave de Richard.

Damião teve nova oportunidade no minuto seguinte. O centroavante recebeu cruzamento de Cláudio Winck e, quando tinha a chance de dominar em direção ao gol, ele optou por ajeitar para trás e tentou de bicicleta. Bem colocado, o goleiro Richard fez a defesa sem maiores problemas.

A pressão inicial do Inter aos poucos foi perdendo força. Guto Ferreira ainda tentou aumentar o poder de criação do time com Camilo no lugar de Sasha aos 21 minutos, mas a mudança não surtiu efeito. O Inter seguiu com dificuldade para entrar na defesa do Paraná. Se a bola não chegava pelo chão, a alternativa passou a ser as jogadas pelo alto. Aos 30, Camilo bateu escanteio e, após desvio de Damião, a bola chegou a Nico López. O uruguaio dominou e só não marcou porque o goleiro Richard saiu de forma arrojada e travou o chute. Aos 32, em novo escanteio, Damião cabeceou com perigo e mandou a bola por cima do travessão.

Faltando sete minutos para o término do tempo regulamentar, Guto Ferreira foi para o tudo ou nada. O treinador colorado sacou o lateral Cláudio Winck e mandou o meia Juan a campo. Porém, não deu para buscar o empate. O Paraná conseguiu manter o 1 a 0 e impôs a segunda derrota para o Colorado no returno da Série B.

Campeonato Brasileiro – Série B – 28ª rodada

 

Paraná - 1

 

Richard; Cristovam, Maidana, Brock e Igor; Gabriel Dias, Vinicius Kiss; Renatinho, João Pedro (Jhony Lucas), Robson e Alemão (Vitor Feijão). Técnico: Matheus Costa.

 

Inter - 0

 

Danilo Fernandes; Cláudio Winck (Juan), Danilo Silva, Léo Ortiz e Uendel; Rodrigo Dourado, Edenílson, D’Alessandro, Nico López e Sasha (Camilo); Leandro Damião. Técnico: Guto Ferreira

 

Gol: Maidana (41min-1ºT)

 

Cartões amarelos: Igor, Gabriel Dias, Jhony Lucas (PAR); D'Alessandro, Cláudio Winck (INT)

 

Arbitragem: Leandro Bizzio Marinho, auxiliado por Daniel Ziolli e Daniel Marques (Trio de SP)

 

Local: Arena da Baixada, em Curitiba (PR)

 

 

Fonte: Correio do Povo/ Foto: Ricardo Duarte / Inter / Divulgação / CP