São Borja
Quarta-feira 17 de Janeiro de 2018


Números mostram a “Luandependência” no Grêmio

Atacante tem 14 gols e dez assistências no ano

Falta de criatividade, escassez de gols nos últimos jogos e queda de desempenho. O histórico recente do Grêmio alia esses três fatores e acarreta em uma preocupação às vésperas do jogo mais importante do ano, diante do Botafogo, nesta quarta-feira. O momento não pode ser justificado apenas pela ausência de Luan, mas os números mostram que sem el, o Tricolor perde muito em todos os sentidos.

O jogador foi a campo nessa terça no CT Luiz Carvalho. No entanto, não treinou com os demais companheiros. Luan fez algumas corridas em volta do gramado, ora carregando a bola, ora sem ela. Certamente o mistério quanto ao seu aproveitamento no segundo duelo com o Botafogo pelas quartas de final da Libertadores, irá perdurar até momentos antes de a bola rolar na Arena.

Com Luan no time, o Grêmio marcou 80 gols em 40 partidas na temporada. O atacante fez 14 gols e deu dez assistências. Além disso, tem mais 22 participações indiretas. Ou seja, 46 gols tiveram alguma participação do jogador, o que corresponde a quase 60% dos gols do Tricolor quando Luan atuou.

Soma-se a isso o fato de ele ser o maior artilheiro da história da Arena, com 29 gols marcados. Estatísticas que comprovam a importância e o quanto o modelo de jogo proposto pelo técnico Renato Portaluppi passa pelos pés de Luan.

O atacante está relacionado e iniciou nessa segunda-feira a concentração para o duelo desta quarta com o restante do grupo. Nesta terça, às 15h30min, Renato comanda um último treinamento, com os portões fechados, e a expectativa é de que Luan esteja na atividade.

 Fonte: Correio do Povo/Foto: Lucas Uebel / Grêmio / Divulgação / CP