São Borja
Segunda-feira 11 de Dezembro de 2017


Servidores estaduais com salários de até R$ 1.750 devem receber nesta sexta

Pagamento integral deve contemplar 40% do funcionalismo ligado ao Executivo

Os servidores públicos estaduais que têm salário de até R$ 1.750, de rendimento líquido, vão receber integralmente, nesta sexta-feira. De acordo com a Secretaria Estadual da Fazenda (Sefaz), o pagamento vai contemplar 40% do funcionalismo vinculado ao Poder Executivo, o que corresponde a 137 mil matrículas. A medida atende a determinação do governador José Ivo Sartori, anunciada nessa semana, no sentido de priorizar os salários menores. Também será creditada a décima parcela do 13º salário de 2016 para todos os funcionários públicos.

A Fazenda também anunciou que, no máximo, até o dia 11 de outubro haverá o pagamento integral para mais um grupo de funcionários, a partir dos primeiros recolhimentos do ICMS. Serão pagos nesta data servidores com rendimento líquido de até R$ 4 mil. A quitação integral da folha de setembro está prevista para acontecer até o dia 17 de outubro. Antes disso, porém, haverá o pagamento total dos salários dos servidores de fundações. Este pagamento para 5.200 celetistas está confirmado para a próxima terça-feira (3 – segundo dia útil do mês).

Nesta sexta, último dia útil, a maior categoria do serviço público, que é o Magistério, terá a quitação do salário de 47% dos professores (76.734 matrículas). A folha líquida dos 342,026 vínculos do Executivo (servidores ativos, inativos e pensionistas) fechou o mês de setembro em R$ 1,135 bilhão. Para esse primeiro pagamento, foram utilizados R$ 184,2 milhões.

O secretário da Fazenda, Giovani Feltes, igualmente confirmou para esta sexta-feira o crédito da décima parcela do 13º salário de 2016 para todos os servidores (mesmo aos que ganham acima de R$ 1.750,00 líquidos). O pagamento de cada etapa do 13º salário significa repasse de outros R$ 102 milhões. A folha líquida dos 342,026 vínculos do Executivo (servidores ativos, inativos e pensionistas) fechou o mês de setembro em R$ 1,135 bilhão.

 

Ato servidores

Mesmo com a mudança na forma de pagamento dos salários do funcionalismo público, os servidores estaduais realizam, nesta sexta-feira, um Ato Unificado contra o governador José Ivo Sartori. De acordo com a categoria, o que os trabalhadores querem é receber os vencimentos em dia. O protesto está marcado para as 12h, no Largo Glênio Peres, com previsão de caminhada até o Piratini às 14h.

 

Fonte: Correio do Povo

 

Foto: Mauro Schaefer / CP Memória