São Borja
Sexta-feira 15 de Dezembro de 2017


Valor da Taxa de Recolhimento de Lixo terá reajustado de 30% em São Borja

Novo valor será aplicado em 2018. Em etapas, é prevista a aplicação de novas alíquotas de cobrança dos impostos.

O IPTU em São Borja, em 2018, terá somente reajuste da variação da inflação e cobrança adicional abrangendo áreas até aqui não tributadas. Entretanto, em relação à Taxa de Recolhimento de Lixo, cobrada simultaneamente, vai sofrer aumento real. Além da reposição da inflação, será aplicada majoração de 30%, segundo confirma a Secretaria Municipal da Fazenda. Projeto de lei a respeito tramita na Câmara de Vereadores, foi objeto de uma audiência pública e deverá ser votado no início da próxima semana. O secretário da Fazenda, Nilton Koltermann, destaca que a mesma lei já estabelecerá os critérios de isenção a uma parcela dos contribuintes. Em etapas, é prevista a aplicação de novas alíquotas de cobrança do imposto predial e territorial urbano, inclusive com novo valor venal, mas para isso é preciso completar levantamento dos imóveis na cidade.

 

Regularização

A meta no Palácio João Goulart é, ao longo do mês de dezembro, regularizar todas as situações de isenção de IPTU e de Taxa de Lixo para o próximo ano. O secretário da Fazenda ressalta que os critérios para isenção são basicamente os mesmos de anos anteriores, levando em conta o nível de renda da pessoa e o tamanho do imóvel. A meta de deixar tudo resolvido ainda este ano é evitar a confecção de carnês do IPTU sem necessidade para proprietários isentos. A comprovação de renda se dará com a apresentação do demonstrativo do que a pessoa ganha – aposentadoria, pensão ou salário, por exemplo, segundo destaca Nilton Koltermann.

 

Fonte: Michel Benites/Rádio Cultura

Foto: Arquivo / Rádio Cultura